Pages

domingo, 31 de outubro de 2010

Apuração em Pernambuco deve terminar às 22 horas

 O resultado do segundo turno das eleições no estado de Pernambuco pode ser conhecido às 22h de hoje. A previsão foi feita esta manhã pelo presidente doTribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Roberto Ferreira Lins, caso as elições prossigam sem problemas no estado. Ainda segundo Lins, às 18h, a expectativa é que 20% das urnas já tenham sido apuradas em Pernambuco, de acordo com o porta Diario de Pernambuco.com.br


Já o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, afirmou que o novo presidente do Brasil deve ser conhecido antes da meia-noite. A previsão dá uma margem de segurança, segundo o ministro, para o caso de algum imprevisto. No primeiro turno, apesar do número maior de candidatos, por volta das 21h30 os nomes de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) já estavam definidos para o segundo turno.

Chofer de limusine, 1º da fila em NY diz que é importante participar


Renato Camargo (de boné, à esquerda) foi o primeiro a chegar para votar em Nova York
 (Foto: Cristina Índio do Brasil/G1)
Renato Camargo mora há 42 anos em Nova York e trabalha como motorista de limusine. Mesmo morando tanto tempo fora do Brasil não quer ficar longe da vida política do país. Renato mora no Queens e chegou ao Metropolitan Pavilion, local de votação para os eleitores de Nova York, Pensilvânia e Ilhas Bermudas.

Renato era o primeiro da fila que se formou antes da abertura dos portões. Como terá que trabalhar cedo, ele chegou pouco depois das 5 da manhã, pelo horário de Brasília, para garantir que seria um dos primeiros a votar. ” Eu tenho um trabalho para fazer às 9 horas e eu vou ficar o dia inteiro no trabalho e eu queria ter a certeza de que iria poder votar. Então eu quis ser o primeiro para sair antes das 9, né? ” , disse Renato.


Para o motorista ” é uma importância tremenda” participar da vida política do Brasil mesmo morando fora. “É o nosso país. Independente de morar longe, você continua sendo brasileiro. Continua querendo o melhor para o país. E é o que eu quero. Então votando acho que é uma das maneiras de mostrar essa importância”, analisou.


Renato sabe o que espera do próximo governo. ” Menos corrupção. Espero que o povo prospere, saúde e segurança, melhore. Tudo que todo mundo quer. Estamos todos esperando por isso. Por isso, estou aqui”, analisou.


E se a pergunta é se está votando pela primeira vez. A resposta vem rápido. ” Voto sempre. Todas as eleições. Não perdi uma”, disse o primeiro da fila.

Cristina Índio do Brasil, especial para o G1, em Nova York

O futuro de Lula, desenhado por ele mesmo

Sei que um dia a ficha vai cair e aí vou ver que não sou mais o presidente


Como a personagem Bibiana, neta de Ana Terra, no romance de Érico Veríssimo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende deixar o doce desmanchar em sua boca até que desapareça o último pedaço, aquele que dá a sensação de que na alma ficou a leveza do que há de melhor.

Mas, diferente do doce de Bibiana, o de Lula não é feito de açúcar. É feito de poder.

De acordo com os auxiliares mais próximos de Lula, é assim que o presidente vai encarar os últimos dois meses de mandato, degustando cada dia, cada hora, cada segundo que lhe resta.

Lula não lamenta a certeza da saída. Mas insiste em não pensar nisso. Porque, não pensar, revelou, é a maneira de manter-se no chão. 'Sei que um dia a ficha vai cair e aí vou ver que não sou mais o presidente', disse Lula nesta semana, num desabafo.

O presidente vive também momentos de profunda emoção. Seus auxiliares o têm visto com os olhos marejados no dia a dia, dentro do avião presidencial, no Palácio da Alvorada. Isso ocorre principalmente depois de cerimônias públicas em que Lula é abraçado pelos ministros mas, de forma especial, quando o carinho vem do público.

Saudade do poder
As manifestações de saudades do poder, agora com a marca de muita emoção, começaram a aparecer no final do primeiro semestre. Durante visita ao Nordeste, em junho, Lula afirmou que já estava sentindo falta de sua atividade presidencial, embora faltassem ainda seis meses para a despedida. Mas se consolar, disse que não ser mais presidente tem suas vantagens.

'Todo ato político que participo agora é o último, já estou com saudade e pensando no que fazer', disse em Aracaju, no dia 10 de junho, ao inaugurar casas populares. 'Vou querer tomar um banho de praia, tomar uma cervejinha sem ninguém encher o saco e dizer que o presidente está bebendo', avisou ele. 'Um filho de Deus tem direito de tomar uma geladinha na beira da praia.'

O discurso funcionou mais como um desabafo do momento. Lula comunicou a seus auxiliares que imediatamente depois de entregar o poder, pretende voltar para seu apartamento, em São Bernardo. Espera que, até lá, a reforma que mandou fazer tenha terminado. A partir daí, quer tirar um período de férias, aqui mesmo no Brasil.

Correr o mundo
Em seguida, deverá percorrer o mundo, para receber os mais de 30 títulos de doutor honoris causa que lhe foram oferecidos em todos os continentes e que se recusou a receber enquanto estava na Presidência. Lula está amadurecendo ainda a ideia de criar um instituto – que não será o da Cidadania, fundado por ele quando ainda estava na oposição.

Nesse novo instituto, o presidente acha que dá para ser voz ativa em atividades como a de ajudar a combater a fome e a pobreza no mundo, a trabalhar para resolver os problemas da crise energética e dos países da África, ainda envolvidos em lutas tribais no Século 21.

(De O Estado de S.Paulo)

A última mentira antes da eleição

Lula, tentando fortalecer mais ainda a “candidata-poste”, (infelizmente já vencedora e sem adversário) retumbou ao mundo, "a primeira exploração do pré-sal". É "exploração" mesmo. Não existe nem equipamento para ir buscar esse petróleo não se sabe a que profundidade.


Se fosse verdade, por que deixar para 48 horas antes da eleição? Então Lula teria atrasado deliberadamente a prospecção do petróleo, dando prejuízos colossais ao país?

Lula acertou apenas num ponto: para concretizar a farsa, deixou sua mão suja de petróleo “marcada” no macacão de dois farsantes, cabralzinho e o presidente da Petrobras. Que já esteve várias vezes para ser demitido. Por incompetência. O que “credencia” esse Gabrielli para ser Ministro de Dilma.

 (Hélio Fernandes - Tribuna da Imprensa)

Seção eleitoral no DF é invadida por enxame de abelhas

A votação em uma seção eleitoral da Escola Classe da 315 Sul, em Brasília, foi paralisada neste domingo por conta de um enxame de abelhas que invadiu a sala. Os bombeiros foram chamados ao local e, no momento, o TRE-DF (Tribunal Regional Eleitoral) está trocando a sala da seção afetada, de acordo com o R7.


A assessoria do tribunal informa que as votações na Escola Classe 315 Sul continuam normalmente e que apenas a seção onde as abelhas foram encontradas será substituída. Não há registro de que alguém tenha sido ferido pelos insetos.

Eleitor do Acre também vota hoje sobre fuso horário

Além de votar hoje para presidente da República, os eleitores do Acre vão decidir sobre a manutenção do fuso horário no Estado. O referendo, proposto por um Decreto Legislativo do Senado Federal, busca consultar a população do Estado sobre a alteração no fuso horário local. Uma lei aprovada há dois anos modificou o fuso do Acre, reduzindo a diferença em relação à hora oficial de Brasília, de uma hora para duas horas, de acordo com o Estadão.


Caso a maioria dos eleitores decida pelo "não" no referendo, a lei será revogada e o horário voltará a ser como antes: duas horas a menos que Brasília. Nas eleições de hoje, portanto, haverá duas urnas para colher o voto do eleitor acreano. Na primeira, ele terá de decidir entre os candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) para ocupar o cargo de presidente da República. Na segunda, ele decidirá sobre a alteração ou não do fuso horário. O eleitor poderá escolher a opção 55 para dizer "sim" e 77 para dizer "não".

Resultados da eleição presidencial começarão a ser divulgados às 19h de Brasília

Os primeiros resultados da eleição presidencial começarão a ser divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a partir das 19h de amanhã, horário de Brasília.


Apesar de a votação ocorrer das 8h às 17h, o horário de verão e a diferença de fuso no país atrasam em duas horas o período de apuração, pelo horário oficial.

Por isso, as pesquisas eleitorais de boca de urna sobre a disputa presidencial entre os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) também só poderão ser divulgadas depois das 19h.

Ainda não há previsão do horário em que o nome do próximo presidente será anunciado. Mas a expectativa do TSE é que a apuração de todos os votos esteja encerrada até a meia-noite.

No primeiro turno das eleições, realizado em 3 de outubro, as primeiras parciais começaram a sair a partir das 18h.

A apuração dos votos estava na marca dos 90% perto das 20h30. Agora a apuração deverá ser mais rápida por envolver apenas a disputa da Presidência da República e de governos estaduais.

A divulgação dos números das disputa nos Estados onde haverá segundo turno ocorrerá imediatamente, logo após o fechamento das urnas no local, às 17h.

Eleitores de oito Estados (Goiás, Amapá, Rondônia, Roraima, Pará, Paraíba, Piauí e Alagoas) e do Distrito Federal definirão seus próximos governadores.

Para eleitor, Dilma é a continuidade, e Serra, o experiente

Dilma Rousseff (PT) é a continuidade. José Serra (PSDB), o mais experiente. Essas são as duas principais razões que levarão os eleitores dos dois candidatos a votar neles neste domingo.


No caso de Dilma, também aparece como relevante a seus simpatizantes o peso do presidente Lula. No de Serra, o lastro de sua boa imagem como gestor público.

Os motivos que levam o eleitor a votar na petista ou no tucano foram questionados pelo Datafolha em pesquisa realizada na quinta-feira com 4.205 eleitores de 256 municípios. O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.


Dois terços dos eleitores (64%) que dizem votar em Dilma citam Lula, sendo que 49% afirmam que um dos motivos do voto é a expectativa de que ela irá manter as políticas do atual governo.


Mencionam o apoio de Lula como preponderante para a escolha da petista 19%. No Nordeste, onde Dilma lidera com ampla margem, 26% votam nela por causa do apoio do presidente.

SERRA


No caso de Serra, a comparação entre biografias proposta pelo tucano na campanha "colou" na maior parte de seu eleitorado.


Fatores ligados à sua imagem pública determinam a escolha de 35% de seus eleitores, sendo que uma fatia de 25% desse grupo diz que escolhe o tucano porque ele tem mais experiência política e administrativa. Outros 8% afirmam que ele é o mais preparado para presidir o Brasil.


Ex-ministro da Saúde, o tucano também atrai 22% de seus eleitores por conta do que propõe nessa área, sendo que 10% dizem acreditar que ele irá melhorar a infraestrutura e os serviços de saúde pública.


Lembram-se de políticas implantadas durante sua passagem pelo ministério para justificar sua escolha de voto 6% de seus eleitores.


No caso de Dilma, 10% dos eleitores são atraídos à sua candidatura pelos atuais programas sociais do governo. Nesse grupo, 6% especificam que desejam a continuidade do Bolsa Família.


O percentual sobe a 10% no Nordeste (onde cerca de 6,5 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família) e é de apenas 1% na região Sul (cerca de 1 milhão).


IMAGEM PESSOAL


A imagem pessoal também é uma das razões de voto para 13% dos que escolhem Dilma.


O fato de ser mulher é mencionado por 8% desse grupo, enquanto 2% apontam características como honestidade e credibilidade.


No caso de Serra, 14% escolhem o tucano por conta de sua imagem pessoal, sendo que 8% desse grupo apontam qualidades como honestidade e credibilidade.


Em relação às propostas das duas candidaturas, o total dos que votam em Serra por conta de seu projeto de governo é quase duas vezes superior aos que escolhem Dilma pelo mesmo motivo: 17% a 9%, respectivamente.


O Datafolha também perguntou aos eleitores ainda indecisos a razão de não terem escolhido um ou outro candidato: 18% dizem que não o fizeram por conta da falta de propostas de ambos. Elas teriam dado lugar a discussões entre eles e a baixarias nos debates.


Outros 9% dos indecisos dizem que as propostas não convencem, não são críveis ou claras o suficiente.

sábado, 30 de outubro de 2010

Viagem Musical

Sempre andamos por todos os lugares e viajamos no tempo através da música.

Nossa parada agora é no Campo Minado.

Jessé Com muita emoção.

Imagens de Santa Cruz



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Site de namoro para pessoas feias concretiza 1º noivado na Inglaterra

A primeira agência de namoro voltada às pessoas tidas como feias está celebrando o primeiro noivado entre dois membros. As informações são do diário britânico "The Daily Telegraph" desta sexta-feira (29).


Tom Clifford, 36, e Janine Walker, 31, planejam se casar no final deste ano, após se encontrarem por intermédio do site The Ugly Bug Ball.
Primeira agência de namoro voltada às pessoas tidas como feias está celebrando o primeiro noivado entre dois membros
O casal se conheceu em agosto por intermédio do espaço virtual.


O par se descreve como dono de "grande personalidade", além de dividirem gostos similares, como junkie food e jantares diante da televisão.

"Sempre pensei que era muito feio para encontrar a pessoa certa, mas minha vida mudou quando eu encontrei Janine", declarou Clifford, cujo "rosto faz crianças chorarem", segundo ele próprio.

"Ela é bonita e eu a amo em todas as possibilidades, Eu ainda não posso acreditar que isso esteja acontecendo."

"Sei que Tom não é nenhum Brad Pitt, mas eu também não sou Angelina Jolie", disse a namorada.

O site informou que se trata do primeiro noivado, e que presenteará o casal com uma viagem.

"Punir usuário de maconha não ajuda", dizem especialistas e ativistas em debate

É contraproducente e cruel punir usuários de maconha como se fossem criminosos, e falta uma distinção mais clara entre traficantes e simples consumidores da erva na legislação do país.


Esse talvez seja o único consenso entre especialistas reunidos ontem para discutir o tema em debate organizado pela Folha. Divididos entre defensores da legalização da venda da droga, do uso da maconha como remédio e da manutenção da proibição, os debatedores acabaram ficando entrincheirados.


Em parte, isso se deveu à plateia que lotou o auditório do jornal e, com frequência, interrompeu as falas com aplausos, vaias, gritos e xingamentos. "Pessoal, vamos deixar as pessoas se expressarem na inteireza de seus argumentos", teve de pedir o jornalista Gilberto Dimenstein, colunista da Folha e moderador do debate.


Os membros da mesa, porém, também acabaram perdendo a paciência e partindo para o ataque em alguns momentos. A falta de acordo sobre a proporção real de usuários no mundo, ou sobre a gravidade dos efeitos da maconha quando comparada a drogas lícitas, como o álcool, ajudou a mostrar como o debate ainda é emocional.


Contrário à legalização, Ronaldo Laranjeira, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), disse que sua posição "era lógica do ponto de vista da saúde pública".


"A experiência de legalização das drogas ilícitas está aqui perto da gente, é a Cracolândia", ironizou, criticando o fato de que não há um movimento nacional para tentar controlar o uso do crack com a mesma expressão do que defende descriminalizar a maconha.


A jurista Maria Lúcia Karam, membro da ONG internacional Lead, favorável ao fim da proibição da venda de drogas, argumentou que a guerra contra substâncias ilícitas aumentou a violência e ainda fez baixar o preço delas mundo afora. "Legalizar é controlar os danos causados pela droga. As pessoas só morrem de overdose porque não sabem o que estão usando", afirmou, sendo vaiada por membros da plateia.


VELHA AMIGA?


O neurocientista Sidarta Ribeiro, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, e o biólogo Renato Malcher Lopes, da Universidade de Brasília (UNB), lembraram que há uma gama considerável de princípios ativos com potencial terapêutico na Cannabis. "Isso foi selecionado ao longo de 5.000 anos de uso", disse Ribeiro.


Ele é favorável à legalização. "Algumas pessoas realmente precisam ser protegidas da maconha, como grávidas e jovens com cérebro em formação -assim como outras pessoas precisam ser protegidas do leite porque têm intolerância à lactose."


Marcos Susskind, voluntário que trabalha com dependentes químicos da comunidade judaica, afirmou que, "na sua experiência", o álcool é menos nocivo do que a maconha. Foi contestado pelos cientistas e se disse surpreso com as propriedades medicinais da maconha inalada, relatadas por Lopes, da UNB.

Folha On Line

Depressão em grávidas afeta peso do bebê

A depressão durante a gravidez aumenta o risco de parto prematuro e de dar à luz um bebê de baixo peso, com menos de 2,5 kg.


Isso é o que mostra uma metanálise conduzida por várias instituições americanas, publicada no "Archives of General Psychiatry".


Para chegar ao resultado, os pesquisadores avaliaram 29 trabalhos de 13 países, incluindo o Brasil, que somam dados de 40.000 mulheres.


A depressão na gravidez foi ligada a um aumento de quase 20% no risco de baixo peso ao nascer.


O aumento da probabilidade de parto prematuro também foi significativo.


Os cientistas ressaltam que os efeitos da depressão sobre o bebê variam em função do grau do problema.


De acordo com eles, no entanto, a depressão não foi associada a uma restrição do crescimento do feto no útero.


DIAGNÓSTICO


Segundo o artigo, o dado deve servir de alerta para que a doença seja identificada durante o acompanhamento pré-natal. Assim, seria possível oferecer o tratamento adequado à mãe.


A incidência de depressão em gestantes não é baixa: está em torno de 10%, segundo pesquisa publicada na última edição do periódico "Obstetrics&Gynecology".

Tipo de abordagem pode ser essencial em conselho sobre peso

Pessoas acima do peso são frequentemente aconselhadas pelos médicos a perder os quilinhos a mais. Mas esses conselhos trazem algum resultado?


Um novo estudo sugere que isso depende da forma como eles são oferecidos. Bajular, persuadir e censurar são métodos ineficientes, segundo os pesquisadores. Porém, uma discussão colaborativa pode realmente funcionar.


Os pesquisadores gravaram, durante um período de 18 meses, conversas entre 40 clínicos gerais e 461 de seus pacientes com sobrepeso, terminando em junho de 2008. Eles anotavam quando surgia algum dos seguintes assuntos relacionados a peso: nutrição, atividade física ou peso e índice de massa corporal. Em seguida, fizeram um acompanhamento três meses depois para ver se a conversa havia resultado em alguma perda de peso real.


A maioria dos médicos tocou no assunto do peso, e 320 dos 461 pacientes ouviram a pelo menos alguma discussão sobre o problema. Então, após anotar a quantidade de tempo que os médicos dedicaram ao assunto, os pesquisadores usaram uma escala bastante testada para classificar o conteúdo motivacional da conversa.


A entrevista motivacional é uma abordagem que evoca o impulso por mudança do próprio paciente, enfatizando que a mudança só pode partir dele mesmo, e não do médico. O método aceita as fraquezas do paciente, enaltece os sucessos e coloca médico e paciente num esforço colaborativo.


Uma conversa não motivacional, por outro lado, geralmente inclui confrontar, julgar, persuadir e oferecer conselhos sem que estes tenham sido solicitados. Segundo informações de histórico no artigo, que aparece na edição de outubro de "The American Journal of Preventive Medicine", a entrevista motivacional mostrou eficácia na redução do consumo de álcool e tabagismo, além de resultados promissores na perda de peso.


Análises estatísticas não mostraram diferenças significativas entre os pacientes que haviam discutido o problema do peso com seus médicos e aqueles que não haviam. Três meses depois, a maioria dos pacientes manteve praticamente com o mesmo peso, ou estavam mais gordos.


Porém, examinando somente os 320 pacientes que discutiram o peso, eles descobriram que a entrevista motivacional estava associada a uma perda de peso significativa --1,6 kg a mais do que os pacientes sem a conversa motivacional. A diferença persistiu mesmo depois do controle por idade, raça, sexo, situação econômica, nível educacional, saúde geral e outros fatores.


Nicolas Rodondi, professor-assistente de medicina da Universidade de Lausanne, na Suíça, que já publicou vários textos sobre peso e saúde, mas que não esteve envolvido na pesquisa, considerou o estudo "bom e interessante". Mesmo assim, ele hesitou quando questionado sobre o efeito duradouro da entrevista motivacional.


"O período de três meses é instrutivo", disse ele, "mas falta provar se isso se traduzirá numa perda de peso no longo prazo".


A principal pesquisadora, Kathryn I. Pollack, professora-associada de medicina comunitária e familiar em Duke, afirmou que a maior parte do que os médicos falam aos pacientes são conselhos de especialistas, oferecidos como prescrição: tome esta pílula, ligue para mim pela manhã. Mas esse tipo de direcionamento não funciona para alterar comportamentos.


"Quando se trata de mudanças comportamentais, o paciente é o especialista, não o médico", disse ela. "O objetivo final é ajudar o paciente a solucionar ele mesmo o problema. Os médicos precisam perceber a diferença entre o aconselhamento comportamental e o resto de seu trabalho".


No início, nem pacientes, nem médicos sabiam que o estudo era sobre peso, e a amostragem era razoavelmente grande dois fatores que fortalecem as conclusões. Por outro lado, o desenho observacional, o fato de que o uso de medicamentos não foi acompanhado, e a ausência de pacientes mais jovens e de baixa renda limita as conclusões que podem ser estabelecidas.


Além disso, os autores reconhecem que um estudo de três meses não diz nada sobre a eficácia da entrevista motivacional em longo prazo.


Pollak disse não haver dúvidas de que os médicos estavam atentos ao problema neste estudo, os médicos que mencionaram o peso dedicaram quase 15 minutos de seu tempo ao assunto.


"Os médicos estão ouvindo a mensagem de que precisam fazer algo", afirmou ela. "Eles estão tentando, mas não da forma correta".

NICHOLAS BAKALAR
DO "THE NEW YORK TIMES"

Índice de suicídios no Brasil é problema de saúde pública, diz especialista

No Brasil, 25 pessoas se matam por dia, fazendo do país o 11º colocado no ranking mundial de suicídios, segundo dados da Organização Mundial da Saúde.


As informações foram divulgadas pelo psiquiatra Neury José Botega, professor da Unicamp, durante a 28ª edição do Congresso Brasileiro de Psiquiatria, que escolheu a prevenção do suicídio como um dos temas principais. O encontro, em Fortaleza, vai até sábado (30).


"A questão do suicídio é realmente um problema de saúde pública porque temos um alto índice de pessoas que estão passando por muito sofrimento e que poderiam ter sido ajudadas caso não tivessem se matado", afirmou à Folha.


Segundo ele, os dados de suicídio podem ser ainda maiores do que os divulgados oficialmente, já que não é raro que muitos casos acabem recebendo outra caracterização na certidão de óbito: "O medo de não receber o dinheiro do seguro pode fazer com que muitas famílias pressionem os médicos a atestar falência múltipla dos órgãos em vez de suicídio".


Botega afirma que o aumento dos casos de depressão e de consumo de álcool e drogas são sinais preocupantes e que podem justificar o aumento dos índices de suicídio, principalmente entre adultos jovens: "São pessoas entre os 25 e os 40 anos que estão numa fase produtiva da vida. A competitividade e a solidão nas grandes cidades são alguns dos pacotes de alta tensão social que favorecem a uma sensação de desamparo e aumentam as formas alternativas de sentir prazer, como recorrer às drogas e ao álcool."


Segundo ele, os sinais de que alguém está cogitando tirar a própria vida não podem ser ignorados: "Aqui não vale a máxima do 'cão que ladra não morde'. Muitas vezes a pessoa dá sinais, fala até mesmo vagamente em se matar, mas acaba não sendo levada a sério".


ESTRATÉGIA
O psiquiatra apresentou no congresso dados de uma pesquisa internacional realizada pela OMS de que ele participou, comparando estratégias de prevenção ao suicídio.


Ao todo, foram analisadas 1.867 pessoas que tentaram o suicídio em cinco cidades do mundo. Após terem alta do hospital, metade delas recebeu o tratamento usual --mero encaminhamento a um serviço de saúde-- e a outra metade teve um acompanhamento intensivo, com entrevistas motivacionais e contatos telefônicos periódicos por 18 meses.


Ao final do experimento, apenas 0,2% das pessoas que receberam acompanhamento intensivo chegaram a praticar o suicídio, taxa dez vezes menor do que no grupo que recebeu o tratamento usual.


"O contato telefônico periódico criava uma rede de apoio e ajudava a pessoa que já tinha tentado se matar a ressignificar o que havia acontecido na vida dela", diz.

GUILHERME GENESTRETI
ENVIADO ESPECIAL A FORTALEZA PARA A FOLHA ON LINE
O jornalista GUILHERME GENESTRETI viajou a convite da Associação Brasileira de Psiquiatria

Produto usado em recipientes de comida afeta fertilidade masculina

O produto químico Bisfenol-A, que demonstrou aumentar o risco de disfunções sexuais masculinas, reduz a concentração e qualidade do sêmen, segundo estudo publicado na quinta-feira (28).



O Bisfenol-A ou BPA é um composto químico que serve para diluir a resina de poliéster a fim de torná-la mais líquida e facilitar sua laminação. Está presente em grande quantidade de recipientes alimentares e de bebidas, como mamadeiras, bem como em resinas de selagem dentária.

A pesquisa foi realizada durante cinco anos com 514 operários que trabalhavam em fábricas da China.


Os autores constaram que aqueles que continham concentrações de BPA mais elevadas na urina multiplicavam os riscos de produzir sêmen de má qualidade.


"Diferente dos homens que não tinham vestígios detectáveis de BPA na urina, aqueles que tinham conteúdos mais elevados multiplicavam por mais de três o risco de ter uma concentração diminuída de seu sêmen", afirmou De-Kun Li, epidemiologista do Kaiser Permanente (consórcio privado americano de cuidados médicos) e principal autor do estudo publicado na revista "Fertility and Sterility".


Este é o primeiro estudo realizado sobre homens para avaliar o vínculo entre o sêmen e o BPA.


Pesquisas anteriores feitas em animais mostraram que o BPA tem efeitos nefastos sobre os órgãos reprodutores de camundongos machos e fêmeas.

Este é o terceiro estudo de Li sobre o tema. Um trabalho publicado em novembro de 2009 demonstrou que a exposição a níveis elevados de BPA aumenta o risco de disfunções sexuais. Outro, divulgado em maio de 2010 mostrou vínculos entre o BPA na urina e o comprometimento das disfunções sexuais masculinas.

O Canadá foi o primeiro país a classificar, em outubro, o BPA na categoria de substâncias tóxicas. Em março de 2009, os seis maiores fabricantes americanos de mamadeiras decidiram suspender a venda nos Estados Unidos de produtos com BPA.
 
DA FRANCE PRESSE

Justiça Eleitoral convocará Tiririca para ditado e leitura

A Justiça Eleitoral convocará o humorista Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o palhaço Tiririca, para a realização de um ditado e a leitura de um texto simples para verificação da condição dele de alfabetizado.


Segundo o juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloísio Sérgio Rezende Silveira, a medida servirá para que "o juízo possa analisar melhor a defesa apresentada pelo humorista na ação penal".

O juiz afirmou que Tiririca poderá se recusar a comparecer à audiência para realização dos testes ou negar-se a participar deles, pois "a lei penal estabelece que ninguém é obrigado a produzir prova contra si mesmo".

Tiririca foi acusado pelo Ministério Público de entregar à Justiça Eleitoral declarações falsas sobre sua alfabetização e bens.

Justiça Eleitoral convocará Tiririca para ditado e leitura
Justiça Eleitoral convocará Tiririca para ditado e leitura

A denúncia levou à abertura de uma ação penal sob a acusação da prática de falsidade ideológica contra o humorista, eleito deputado federal no último dia 3.

Silveira afirmou que se Tiririca comparecer à audiência de testes serão tomados cuidados para evitar constrangimentos ao humorista.

De acordo com o juiz, a audiência deverá contar com a presença do promotor responsável pela causa, do advogado do humorista e do perito que já elaborou um laudo no caso.

A perícia já apresentada no processo levanta a suspeita de que a declaração de alfabetização de Tiririca entregue à Justiça Eleitoral não foi redigida pelo humorista.

Silveira disse que na audiência o perito deverá pedir que Tiririca escreva um texto para a obtenção de material gráfico, para a eventual realização de novas perícias.

Em seguida, o magistrado pretende solicitar que o humorista aceite realizar um ditado com palavras simples.

Na última parte da audiência, o juiz pedirá que Tiririca faça a leitura de um texto de baixa complexidade.

Segundo Silveira, a audiência poderá ser decisiva, uma vez que antes do início da fase de depoimentos de testemunhas ele terá oportunidade de decidir pela absolvição sumária de Tiririca ou pela continuidade da causa.

Na segunda-feira, o humorista apresentou defesa em que admitiu ter tido a ajuda da mulher para escrever a declaração de alfabetização entregue à Justiça Eleitoral.

Indagado sobre o tema, o juiz da 1ª Zona Eleitoral disse à Folha que só poderia falar sobre questões de forma do processo, mas não a respeito do conteúdo da defesa ou da acusação, pois a causa está sob segredo de Justiça.

Silveira então se limitou a explicar que a constatação do crime de falsidade ideológica depende do conteúdo da declaração, ou seja, se Tiririca é realmente alfabetizado, e não da forma como o documento foi produzido.


FLÁVIO FERREIRA
DE SÃO PAULO - Folha On Line

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Chuva forte atinge o sertão de Pernambuco

A manhã desta quinta-feira foi de chuva no sertão de Pernambuco. Em Petrolina (foto), choveu por cinco horas. O trânsito parou porque as avenidas ficaram alagadas, informa o portal Pe360graus.


De acordo com o Departamento de Meteorologia da Universidade do Vale do São Francisco, deve continuar chovendo no Sertão até o sábado. O motivo seria uma frente fria que veio do litoral norte da Bahia.


Em Cabrobó já choveu 80 milímetros em 5 horas. O volume de chuva registrado é extremamente elevado, 20 vezes maior do que a média normal de chuva para o mês de outubro, que é de aproximadamente quatro milímetros.


O tempo no interior de Pernambuco continua instável no decorrer desta quinta-feira e há previsão de fortes pancadas de chuva até a noite.

Iogurte e leite fermentado não têm ação comprovada

Comerciais de iogurtes funcionais e leites fermentados, que prometem regular o intestino e elevar a imunidade, vão bem além dos efeitos provados dos produtos.


A discussão foi levantada pela EFSA (autoridade europeia para segurança alimentar). Depois de analisar mais de 800 pedidos da indústria, a agência declarou que não há comprovação científica suficiente para recomendar os produtos em larga escala.


A EFSA também não permitiu que a Yakult incluísse em sua publicidade resultados de pesquisas recentes que associam a bebida à melhora de sintomas da gripe.


Por aqui, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) reconhece a eficácia do Yakult e demais probióticos (alimentos com bactérias benéficas) -como Activia e Actimel, da Danone.


A Anvisa, entretanto, não permite que a propaganda alardeie benefícios além de "contribuir para o equilíbrio da flora intestinal". No ano passado, a agência proibiu a propaganda do Actimel que atribuía ao produto o poder de aumentar as defesas naturais do organismo.


Faltam estudos que envolvam um grande número de pessoas. Também faltam marcadores para medir os efeitos dos produtos. "Não tem como saber se a imunidade não aumentou por outros motivos", diz Susana Marta Isay Saad, professora de tecnologia bioquímico-farmacêutica da USP.


Segundo a Yakult, os 12 estudos feitos pela empresa -três com animais e nove com humanos- comprovam que tomar a bebida diminui tosse e coriza. "O consumo frequente ajuda a prevenir a gripe e, em pessoas que já estão doentes, tomar Yakult ajuda a sarar mais rápido", diz Yasumi Ozawa Kimura, pesquisadora da Yakult.


A própria pesquisadora reconhece que há importantes diferenças individuais. "A capacidade de defesa das pessoas é diferente. Pessoas saudáveis podem não ter um estímulo imunológico significativo tomando a bebida."





DIFERENÇAS


Segundo Franco Lajolo, professor da USP e membro do comitê científico do International Life Sciences Institute, é provado que os probióticos estimulam o equilíbrio das defesas intestinais.


Isso ajudaria a prevenir diarreias, a reconstruir a flora em pessoas que estão tomando antibióticos ou auxiliar no tratamento de doenças do intestino. "Em pessoas saudáveis há insegurança e controvérsia sobre o fato de esses produtos aumentarem a imunidade", diz.


Outro problema: cada micro-organismo tem um efeito diferente em cada pessoa.


A Danone afirma que os benefícios dos produtos são "comprovados por um robusto corpo de estudos científicos promovidos de acordo com os mais rígidos preceitos de ética, que foram devidamente avaliados e reconhecidos pela Anvisa desde 2004".

Estudo mostra como o cérebro se apaixona

Uma revisão de estudos feita na Syracuse University (EUA) revela quais partes do cérebro são estimuladas quando uma pessoa se apaixona. A professora responsável pelo estudo, Stephanie Ortigue, mostra que a paixão causa uma sensação de euforia similar à experimentada por alguém que consome cocaína e também estimula áreas intelectuais do cérebro. O processo de se apaixonar leva um quinto de um segundo.


De acordo com a professora de neurologia, a paixão é uma via de mão dupla entre o coração e o cérebro. Ela diz que a ativação de algumas partes do cérebro gera estímulos no coração e "frio na barriga".


Outros pesquisadores acharam níveis altos de fatores de crescimento de nervos no sangue de casais que haviam acabado de se apaixonar. Essa molécula é importante na química social humana e para o amor à primeira vista. "Isso confirma que o amor tem bases científicas", diz Ortigue.


Essas descobertas são importantes para pesquisas sobre saúde mental porque quando o amor não dá certo, pode haver estresse e depressão. "Entendendo como as pessoas se apaixonam e por que ficam com o coração partido, é possível usar novas terapias", afirmou Origue, em comunicado. "Médicos e terapeutas podem entender melhor as dores dos pacientes apaixonados."


O estudo mostra também as diferentes partes do cérebro que se apaixonam. O amor passional é detonado pela região do cérebro responsável pela sensação de recompensa e pelas áreas cognitivas com funções como a percepção da imagem corporal.

Escolha suas armas para combater ou disfarçar olheiras

Atire os primeiros óculos escuros aquele que nunca amanheceu com olheiras. E que nunca buscou alguma receitinha milagrosa para acabar com o estrago da noite maldormida, da balada ou do excesso de trabalho.
A cantora e atriz Naíma, que usa compressa gelada de camomila e maquiagem para disfarças as olheiras
A cantora e atriz Naíma, que usa compressa gelada
de camomila e maquiagem para disfarças as olheiras
"Quem não mudar hábitos vai ter que chamar as olheiras de meu bem e conviver com elas", avisa o cirurgião plástico Nelson Letízio.


Mas nem só de maus hábitos são feitos os círculos escuros debaixo dos olhos.


"As olheiras têm um componente constitucional. Se a pessoa tem predisposição, terá o problema por mais que durma bem", diz Flávia Addor, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Regional São Paulo.


As causas têm relação com a circulação sanguínea e a pigmentação. A vasodilatação local faz o sangue extravasar e depositar na região pigmentos que dão a cor azulada e ferro, que escurece a pele quando oxida.


Além disso, algumas pessoas têm tendência à hiperpigmentação: produzem excesso de melanina, que se acumula em áreas da pele, formando manchas escuras.


TRATAMENTOS


Para essas olheiras crônicas, a saída são tratamentos com dermatologista. "Há soluções à base de hidroquinona ou alguns ácidos que tiram a pigmentação da pele", diz o oftalmologista Renato Neves, do Eye Care Hospital de Olhos, de São Paulo.


O clareamento dura algum tempo, mas, como os vasos sanguíneos continuam lá fazendo seu serviço, as olheiras acabam voltando.


Uma solução de mais longo prazo é o uso de laser para secar os vasos sob as pálpebras. Segundo Letízio, são feitas, em média, de três a seis sessões, com intervalos de um mês entre cada uma. O paciente usa um protetor de olhos em forma de meia concha e, se quiser, uma pomada anestésica.


A região pode ficar um pouco avermelhada e inchada, mas esses efeitos desaparecem em cerca de dois dias, de acordo com Letízio.


No caso de hiperpigmentação, é aplicada a luz pulsada, mais suave do que o laser usado para os vasinhos. O número de sessões vai depender do tom da pele.


Para a manutenção, não tem jeito: dormir bem e usar protetor solar são garantias para quem não quer acordar com cara de urso panda.


Quando a olheira não é crônica, soluções de emergência podem minimizar o estrago de noites em claro.


Compressas frias ajudam porque contraem os vasos. E o velho chá de camomila não é só folclore. "A camomila tem azuleno, uma substância com ação calmante. Mas, provavelmente, o maior efeito é causado pelo resfriamento da região", diz Addor.


A cantora e atriz Naíma Ferreira, 34, usa o chá gelado quando a coisa fica preta. Em cartaz em São Paulo com a peça "Zorro", tem que apelar a alguns truques para driblar o horário de coruja imposto pelo trabalho.


Além do chazinho, ela usa a maquiagem quando precisa disfarçar o estrago. "Uso um creme corretivo um tom mais claro do que a base. Aplico dando batidinhas com as pontas dos dedos, sem esfregar", conta Naíma.


O oftalmologista Renato Neves aprova o método. "Esfregar a região piora o aspecto das olheiras", afirma.


Os cremes antiolheira, também são uma saída para casos não crônicos. "Eles têm substâncias clareadoras, ingredientes que dão firmeza à pele e partículas que refletem a luz. O efeito não é duradouro, mas melhora a aparência", diz Addor.

Fumar entre os 50 e 60 anos pode dobrar o risco de Alzheimer

Fumar entre os 50 e 60 anos dobra o risco de Alzheimer e outros tipos de demência na terceira idade, diz pesquisa americana. O estudo analisou dados de 21.123 pessoas entre 1978 e 2008.


Em duas décadas, 5.367 pessoas (25,4%) desenvolveram alguma forma de demência. Um quinto dos casos era de Alzheimer.


Segundo os autores do trabalho, em comparação com os não fumantes, aqueles que consumiam mais de dois maços de cigarro por dia tiveram mais que o dobro de chance de ter demência e Alzheimer.


O estudo foi publicado ontem na revista "Archives of Internal Medicine".


FATOR DE RISCO


Alzheimer é um tipo de demência que atinge mais de 26 milhões de pessoas no mundo e causa perda gradual da memória e da capacidade de raciocinar.


De acordo com a neurologista Sonia Brucki, membro da Academia Brasileira de Neurologia, vários estudos já citaram o tabagismo como fator de risco para o desenvolvimento tanto de Alzheimer quanto de outras formas de demência.


"O cigarro aumenta a probabilidade de doenças vasculares e piora a circulação cerebral", diz.


Esse prejuízo na circulação sanguínea pode acelerar o desenvolvimento de doenças degenerativas cerebrais em quem já tem algum problema do tipo.


Segundo a médica, o risco não seria apenas para quem fuma mais de dois maços por dia, como diz a pesquisa. "Consideramos que dois cigarros por dia já podem desencadear os problemas."


Somado a outros fatores -como obesidade e sedentarismo- o fumo pode ser determinante. "O Alzheimer é mais comum em mulheres. Podemos considerar que mulheres fumantes têm um risco ainda maior."

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Contas de Zé são adiadas... mais uma vez.

Como era de se esperar, depois de tantas manipulações as contas de José Augusto Maia são adiadas para uma data que não se sabe quando será nem como acontecerá.

Depois de muita espectativa durante toda semana, onde com muita ansiedade a população esperava que estas contas fossem  postas em votação na noite de hoje, os vereadores votaram a favor da liminar que adiava a votação alegando falta de direito de resposta de José Augusto.

Votaram a favor do requerimento:

Deomedes Brito
Diogo Moraes
Ernesto Maia
Fernando Aragão
Nanau

Votaram contra o requerimento:

Afrânio
Dimas Dantas
Francisquinho
Junior Gomes
Zezim Buxim

Com o empate, de 5x5, coube ao presidente da câmara, Fernando Aragão o desempate, passando requerimento por 6x5 votos, favoráveis a ampla defesa do ex-prefeito.
É isso pessoal, vamos aguardar as consequencias destes fatos e ver onde tudo isso vai parar, pois muita água ainda tem de correr por baixo desta ponte.

A Estrela de Zé Brilha Novamente

Em um dia que poderia ter sido deniminado como " O início do Fim" para José Augusto Maia, e que tudo corria para ser o dia D em sua carreira política, muitos fatos aconteceram durante este diae que de certa forma foi sim o dia "D" e as coisas mudaram de tal forma que no final dele, Zé saiu mais uma vez por cima e cantando vitória por muitos motivos.


1º - Quando tudo parecia perdido após a recusa de uma liminar pelo Sr. Juiz local e sendo assim as contas terem de ser postas a votação no dia de hoje dando derrota certa a José Augusto relativas a quatro prestações de conta em anos de sua gestão a frente da prefeitura.

2º - Tendo certa as votações e regeições de suas contas, em uma manobra muito bem elaborada, Deomedes, Ernesto e Nanau entraram com uma liminar na câmara para que fossem adiadas a votaçãoes em questão. Com certeza de que essa liminar passaria em plenário por ter a certeza do voto de Fernando e Diogo votarem a favor, empatando a votação e tendo o voto do presidente da casa Fernando Aragão dando voto de minerva favorável ao adiamento.

3º Quando tudo já estava armado para que as contas não seriam votadas na noite de hoje, foi deferida a candidatura de José Augusto Maia pelo ministro Marco Aurélio, validando sua candidatura e confirmando seu mandato para nos representar na Câmara Federal.

Isso foi o ponto alto do dia, fazendo assim que seus correligionários saissem em festa pelas ruas da cidade e deixando a tão esperada votação de suas contas em segundo plano.

Mostrando que o que importa para muitos não é quem nos representem, mas sim, o que importa é que o interesse pessoal esteja acima de tudo e de todos.

Paciente dada como morta acorda de "sono maravilhoso" na França


Com os filhos, Lydia Paillard se recupera em hospital francês depois de 14 horas de coma
Com os filhos, Lydia Paillard se recupera em hospital
 francês depois de 14 horas de coma

Depois de os médicos afirmarem que ela estava morta e pedirem para os filhos desligarem os aparelhos, a francesa Lydia Paillard, 60, acordou. Ela tinha ficado 14 horas em coma.

A paciente, com câncer, tinha dado entrada em uma clínica no sudoeste da França, na segunda-feira, para fazer uma sessão de quimioterapia. Depois de tomar os remédios, ela ficou azul e desmaiou.

Os médicos a estabilizaram e ela entrou em coma.

Segundo um dos filhos da paciente, Sébastien Paillard, os médicos afirmaram que ela tinha morrido, que não voltaria do coma e que seria melhor desligar os aparelhos que a mantinham respirando -conforme informações do jornal "Telegraph".


Os três filhos de Lydia não concordaram e a transferiram para outro hospital.


Naquela tarde, médicos fizeram novos exames e encontraram sinais de atividade cerebral na paciente.


Finalmente, 14 horas depois de ser dada como morta pelos médicos, Lydia acordou e disse para o filho Sébastien que tinha tido um "sono maravilhoso".


"E pensar que quase demos permissão para matarem nossa mãe", disse o filho de Lydia ao jornal francês "Sud Ouest". Ele afirmou que, até ali, a família confiava nos médicos da clínica.
"É um tipo de milagre", disse Yves Noël, responsável pela clínica Bordeaux Rive Droite, onde o fato ocorreu.


"Um dos médicos que examinaram a paciente tem 25 anos de experiência e identificou todos os sinais de morte clínica", disse o diretor.


Para o médico, uma explicação possível é que Lydia tenha tido um surto epilético seguido de desmaio, o que pode ter dado "aparência de morte" para a condição.


A família está considerando processar o hospital.


"Eu não sabia o que estava acontecendo, mas acho que meus filhos é que estão em choque", disse Lydia.

AL: dupla Coxinha e Doquinha ameaça reeleição do governador

A propósito da briga de foice que está ocorrendo nas campanhas eleitorais nos Estados, o candidato ao governo de Alagoas pelo PDT, Ronaldo Lessa, resolveu criar um personagem de desenho animado para seu programa de TV com a função de desancar o adversário, Teotônio Vilela Filho (PSDB).



A tática de ataques humorísticos na TV foi muita usada no primeiro turno pelo candidato ao Senado da chapa de Teotônio, Benedito de Lira (PP), que se elegeu desclassificando a antes favorita Heloísa Helena (PSol).

Benedito, conhecido como Biné, tinha um personagem chamado Cabeça, que não cansava de bater em Heloísa. Agora, Ronaldo Lessa apareceu com a dupla Coxinha e Doquinha.

Veja só:

As chances de Serra

 O marqueteiro Marcelo Teixeira enxerga um cenário favorável para Serra. Embora as pesquisas atestem hoje uma frente média de 12 pontos para Dilma, ele recorre ao Datafolha para concluir que a eleição é favorável a Serra. Ressalta que no Nordeste, a pesquisa aponta Dilma com 65% contra 28% do tucano.
Nas eleições de 2006, Lula teve 77% dos votos no Nordeste e Alckmin 23%. Somando-se os 5% que Serra tem a mais do que Alckmin com os 12% de Lula sobre Dilma, na prática a diferença no Nordeste seria de 17%, o que, segundo Marcelo, reduziria a frente de Dilma em 4, 250 milhões de votos.
No Sudeste, consequentemente, a frente da petista diminuiria em quatro milhões de votos; no Sul em 600 mil votos e no Norte e Centro Oeste em 1.050 milhões de votos. Lembra o marqueteiro que a pesquisa Datafolha se dá em cima de 36 milhões de eleitores do Nordeste, mas historicamente somente são validados 25 milhões de votos.
“A pesquisa – diz ele – ainda aponta 4% de nulo e branco no Brasil, chegando a 13% no Nordeste. Quanto aos indecisos, somam 6%, mas 10% admitem trocar de voto”. Em São Paulo, Dilma teve 37% dos votos no primeiro turno e sua possibilidade de crescer é mínima, enquanto Serra pode sair de 40% para 60%. Já em Minas, se Serra chegar perto à votação de Anastasia, anula a votação de Dilma no Nordeste. “As chances de Serra vir a ser eleito, portanto, são reais”, enfatiza.
PESQUISAS – Última semana da campanha presidencial, todos os dias, a partir de hoje, haverá divulgação de pesquisas eleitorais, sendo duas do Datafolha e igual número do Ibope e Vox Populi. No domingo, tão logo seja encerrada a apuração, sairão pesquisas boca-de-urna. Já os candidatos Dilma e Serra se enfrentarão em três debates, entre eles o da TV-Globo, na sexta-feira.
Coluna de hoje na Folha

Arredondamento heterodoxo

Pesquisa Vox Populi dos dias 23 e 24/10, segundo o UOL:
“Pesquisa Vox Populi encomendada pelo portal IG e divulgada ontem mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 49% das intenções de voto. O tucano José Serra aparece com 38%. Brancos e nulos somam 6% e indecisos chegam a 7% . Considerando apenas os votos válidos, Dilma seria eleita com 57% dos votos, contra 43% de Serra.”


Então, em votos totais:
49% + 38% + 13% = 100%;
Passando de votos totais para votos válidos:
100% - 13% = 87%;
Assim, as intenções de voto, em votos válidos, são:
Dilma: 49% ÷ 87% = 56,322%;
Serra: 38% ÷ 87% = 43,678%
Arredondando, pelo critério universal:
Dilma: 56%
Serra: 44%

Ora, mas o press release do Vox Populi afirma que em votos válidos Dilma tem 57% e Serra 43%.Quer dizer, pelo que a imprensa divulgou (o relatório não está disponível ainda), o instituto arredondou:
56,322% para 57%, e
43,678% para 43%.


Com esse estranho arredondamento, a diferença de votos válidos entre os dois candidatos aumenta de 12 pontos (56% – 44%) para 14 pontos (57%- 43%)!


Maurício Costa Romão
Economista e professor da UFPE

"Palocci deve voltar se Dilma vencer", diz Jaques Wagner

O governador reeleito da Bahia, Jaques Wagner, um dos principais conselheiros de campanha da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, acredita que, se ela for eleita, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci pode voltar a ter papel importante no governo, segundo o Estadão.


"O Palocci é uma boa aposta, uma pessoa que se credenciou, teve os problemas dele, o que atrapalhou o roteiro que ele estava escrevendo para si próprio, mas vi que ele se aproximou bastante e é um grande quadro político e de gestão", disse Wagner. "É provável que ele tenha um papel importante (num eventual governo Dilma), que passa pela articulação."

Jaques Wagner foi entrevistado ontem no programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo.O governador reeleito também falou sobre a possibilidade da volta do presidente Lula à disputa pela Presidência em 2014. "Se Dilma fizer um bom mandato, que eu acredito que fará, ela tentará a reeleição. Se não fizer, é quase uma chamada natural que o presidente Lula volte."

sábado, 23 de outubro de 2010

70 anos de Pelé: Futebol de joelhos pro Rei

Hoje é um dia especial para os amantes do futebol. Há 70 anos nascia Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, o maior de todos os mestres da bola. Uma data tão especial não poderia passar em branco. Apesar de ter decidido comemorar o aniversário longe das câmeras, Pelé receberá uma justa homenagem dos times que disputam o Campeonato Brasileiro. As partidas do fim de semana serão chamadas de “Rodada Pelé 70 anos”.


O Rei recusou mais de 500 convites para homenagens, pois prefere passar o dia, tranquilamente, ao lado da família, no interior de São Paulo. O mineiro da cidade de Três Corações conquistou 45 títulos no Santos, o que equivale a mais da metade dos canecos levantados pelo clube paulista ao longo dos seus 98 anos de história.

Outro marco da brilhante carreira são os números de gols marcados. Um total de 1.284, sendo o milésimo assinalado de pênalti, em 1969, sobre o Vasco, no Maracanã. A festa foi tão grande, que repórteres e admiradores invadiram o gramado para celebrar junto ao Rei.

Campeão do Campeonato Paulista por 10 vezes e artilheiro do torneio em 11 ocasiões, o ex-camisa 10 é ainda o maior goleador da seleção brasileira, com 95 gols em 114 jogos, e conta com uma série de prêmios. Entre eles o título de "Atleta do Século" concedido pelo jornal francês L'Equipe.

Fora dos campos, Pelé foi ministro dos Esportes de 1995 a 1998 e já atuou como músico e ator. Em 2000, a Fifa o escolheu como o maior jogador de futebol do século 20, numa polêmica eleição que teve o argentino Diego Maradona como líder na votação pela Internet e o brasileiro como o escolhido por especialistas. A entidade que controla o futebol mundial acabou concedendo o prêmio a Pelé.

A "competição" com Maradona sobre o melhor de todos os tempos não incomoda Pelé. Em entrevista à Reuters este ano, o brasileiro disse que "primeiro os argentinos têm que resolver quem é o melhor deles", argumentando que já quiseram compará-lo com Alfredo di Stéfano, argentino naturalizado espanhol, além de Maradona.

Setenta anos! O tempo passou para o senhor Edson Arantes do Nascimento, mas para o mineiro de Três Corações, conhecido mundialmente como Pelé... Ah , este é eterno e para entrar para a galeria dos imortais, o gênio da bola desfilou magia pelos campos de futebol durante mais de 20 anos.


Quando chegou a hora de parar, Pelé agiu como um rei generoso. Sabendo da tristeza que a despedida causaria nos súditos dele, sua majestade foi parando aos poucos. Foram três despedidas, que claro, também doeram nele.

“A gente lamenta porque o que a gente ama vai deixar de fazer. Depois das despedidas é que eu sonhava que estava jogando. Ia no jogo e passava mal, dava vontade de jogar.”, diz Pelé.

A primeira despedida foi da seleção brasileira. Julho de 71. Maracanã, amistoso contra a Iugoslávia, que terminou dois a dois... Antes do jogo, Pelé pede espaço para se aquecer e brinca com os jornalistas.

No segundo tempo, um estádio lotado se emociona com a volta olímpica. Pelé chora. Era o adeus com a camisa amarela.

Três anos depois é a vez de deixar o Santos. Outubro de 74, Vila Belmiro. Vitória santista por dois a zero contra a Ponte Preta. Na despedida, uma coincidência. “Quando eu cheguei em Santos, com 14 anos, tirei a fotografia com a camisa listrada, 18 anos depois, fui despedir com a camisa preta e branca”, lembra.

No ano seguinte aceita o desafio de tentar fazer renascer o futebol nos Estados Unidos. Vai jogar no Cosmos de Nova Iorque por dois anos. Em outubro de 77, aos 37 anos, vem enfim a última despedida.

No amistoso entre Santos e Cosmos. Pelé joga um tempo por cada time e marca para os americanos que venceram por dois a um. Era o momento de o Pelé sair de cena para entrada do Edson. Uma jogada impossível.

“Vou mudar completamente a minha vida. Tenho feito isso porque eu quero realmente viver. Não sei se seria possível esquecer totalmente o Pelé porque o público não vai esquecer o Pelé”, falou.


Imortal e sempre jovem. “Como eu nasci e Três Corações eu nem me lembro direito se eu tenho 70 porque divide por três somando três corações”, brinca.

Essa conta resulta num Pelé de 23 anos. Felizes os privilegiados que o viram em campo com essa idade. Ainda era o começo de uma carreira irretocável.

“Eu não mudaria nada”, diz Pelé.


Neymar usa camisa em homenagem a Pelé


O atacante Neymar foi o escolhido pela torcida santista para usar a camisa 70 em homenagem ao 70º aniversário de Pelé. A jovem revelação vai usar o número na partida do Santos contra o Grêmio Prudente, amanhã, na Vila Belmiro, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Neymar foi o escolhido pela torcida em votação promovida por meio do site do Santos. Ele recebeu 73% dos votos. Arouca e Léo foram o segundo e o terceiro colocados da votação, com 11% e 7%, respectivamente.

A camisa do jogo contra o Grêmio Prudente terá um selo com a mensagem "7 x 10" em homenagem ao aniversário de Pelé. No selo, localizado ao lado do escudo do Santos, também está escrito a data do jogo, o local da partida e o nome dos dois times.

No fundo do selo, aparece uma imagem com o gesto que Pelé costumava fazer para comemorar os seus gols. Pelé comemora seu aniversário no dia 23 de outubro. Mas, em sua certidão, que está em Três Corações (MG), consta que o Rei nasceu em 21 de outubro de 1940.

Imagens de Santa Cruz

Em Duas épocas diferentes, dois times de Futsal que fizeram história em nossa cidade.

Fica para vocês tentarem descobrir que times são estes. Isso é moleza e sei que muitos vão acertar.


sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Viagem Musical

Nossa Viagem Musical deste final de semana vem com muita alegria e descontração e leva você ao ano de 1993 quando a música bahiana ecoava por todo Brasil ao som da Timbalada.

 Vamos voar no tempo nas asas do "Beija Flor" e reviver uma época que marcou de mais!!


Saudades do time da Quimilson, quando viaja-mos tanto e conquistava-mos muitas vitórias por essa região e nas comemorações não poderia faltar este som.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Temperatura atinge nível recorde em 2010; cientistas preveem mais secas

Secas na Europa até 2010 podem superar as que atingiram a África na década de 70


O Centro Nacional de Dados Climáticos dos Estados Unidos informa que o período janeiro-setembro de 2010 empata com o de 1998 como a sequência de primeiros nove meses mais quente já registrada.

A temperatura média para o período ficou 0,67º C acima do normal dos registros dos últimos 131 anos, disse a agência. O ano inteiro mais quente já registrado foi 2005.

Os primeiros nove meses do ano foram os mais quentes já registrados no hemisfério norte o ficaram em segundo lugar no hemisfério sul.

Em 2007, o Painel Intergovernamental para a Mudança Climática (IPCC), da ONU, emitiu relatório afirmando que há 90% de certeza de que o aquecimento global é provocado por atividade humana, principalmente a queima de combustíveis fósseis.

O relatório foi criticado por conter alguns erros no volume que trata das consequências da mudança climática, mas o presidente do IPCC, Rajendra Pachauri, disse que a mensagem central do relatório, de que o ser humano é responsável pelas alterações no clima, não foi tocada pelos erros.


Secas até 2100

Algumas das regiões mais populosas do mundo – sul da Europa, norte da África, oeste dos EUA a boa parte da América Latina – poderão ter de enfrentar secas sem precedentes até 2100, disseram pesquisadores nesta terça-feira, 19.

Um aumento das secas é uma consequência prevista da mudança climática, mas um novo estudo do Centro de Pesquisa Atmosférica dos EUA prevê um impacto grave na década de 2030. os impactos até o fim do século podem superar todos os registros históricos.

Para quantificar a gravidade de uma seca, os cientistas usam uma medida chamada PDSI, ou Índice Palmer de Severidade de Seca. Um valor positivo é úmido, zero é nem muito úmido, nem muito seco e negativo é seco. A seca mais severa da história recente, registrada no Sahel da África ocidental nos anos 70, teve PDSI de -3 ou -4.

O novo estudo indica que algumas áreas densamente povoadas poderão atingir PDSI de -15 ou -20 ainda neste século.

O estudo se baseia em modelos de computador e nas melhores previsões disponíveis a respeito das emissões de gases causadores do efeito estufa.

Isso pode mudar, dependendo das emissões que realmente vierem a ocorrer e de ciclos climáticos naturais, como o El Niño.

Agências internacionais – AP e Reuters